17 setembro 2008

Sensação de ridículo - Parte I

Vários motivos me levam a me sentir RIDÍCULA ultimamente. Aliás, não sei se o termo, em todas as situações, é exatamente RIDÍCULO, mas, quero generalizar mesmo. Hoje, estou me sentindo uma "agulha fora do palheiro". Como já disse em posts anteriores, sou sincera, não costumo esconder o que sinto, principalmente quando acho errado, e fico decepcionada quando não o fazem comigo. A sensação? Sentir que algo está acontecendo e eu vou ser a última a saber...

De uma coisa eu começo a ter certeza: tem gente querendo me ver pelas costas. E essa sensação não é nada agradável. Na verdade, as pessoas se incomodam quando acham que estão sendo prejudicadas. Não quero fazer isso com ninguém, apenas quero traçar o MEU caminho, sem atrapalhar. Faça a SUA parte e me deixe fazer a minha! Mas tem gente que não deve concordar nada com isso e se sente atingido. Deve ser pelo meu jeito extrovertido e de bem com a vida, que, apesar de muitas vezes não estar sentindo nada disso, faço questão de demonstrar. E acho que isso incomoda muita gente...

P.S.: Tive uma aula ontem que me espantou: Motivação... o que eu falei ontem aqui. Será destino?

4 comentários:

Renata Almeida disse...

é o q Bibis???
eita inferno astral...esse ano está te abalando muuuuuuuuuuuuuuito
e quero caruru!! me manda por correio?

Camile Habib disse...

E ainda vai ter parte II????
beijos

Camila Almeida disse...

pois eh..pensei a mesma coisa q mile...tem a parte 2?

ô bizildaa...me fala qem eh q eu qebro no pau..kkkkkk

bjbj

chan disse...

É, Biu... sei como vc se sente...
Não entendo pq, mas sempre tem gente invejando a gente... e a troco de q?? pq não vão viver suas vidas e deixa a gente em paz, né?
Saco!
Liga não... segue teu rumo!
Beijo!

Chan indo pra parte 2...