25 outubro 2006

"Então, pegue o telefone Pegue o telefone Diga que sim..."


Ai ai, por que será que todas as músicas que procuro agora tem telefone no meio? Perseguição? Paranóia? Loucura? O que eu faço para acabar com isso? (rs)

Álcool e telefone não combinam. Todos sabem disso. Mas, o que vocês não sabem: vou jogar meu celular no lixo. Tá, não vou ser tão radical, apenas não sairei mais com ele para as festinhas. Tudo isso porque é incontrolável a nossa vontade de ligar para as pessoas de vez em quando. (rs)

Ontem, não fiz nada. Acho que nem saí de casa. Nem me lembro mais o que fiquei fazendo. Que doideira. Tô demais. Tô demais, mesmo! Por não ter feito nadinha ontem, nem sei o que falar por aqui. Mas isso vai mudar...

Bom, estou de saída, vou me arrumar. Amanhã tem mais! Bjo e tchau para vocês.

*Foto do cineminha segunda: Eu, Marela e Tata.


Diga Que Sim
(Adelmo Casé)

Quem você pensa que é
Pra me tratar assim
Baby, não se encontra na esquina
Um cara igual a mim

Meu mal foi ter gostado de você
Me apaixonado por você
Foi o fim

Se eu pudesse escolher
Seria outro alguém
Alguém que me entendesse
E me tratasse bem

Seu mal foi ter nascido especial
Uma beleza fora do normal
Foi o fim

Você não vai suportar
Saber que me perdeu
Se nessa vida quem mais te amou
Fui eu, fui eu

Você não vai suportar
Ter de viver sem mim
Então, pegue o telefone
Pegue o telefone
Diga que sim

3 comentários:

Renata Almeida disse...

Biu!!!
O problema nao eh o tel nem a cachaça...eh quem faz o intermedio entre eles! rsrsrsrs
Doida...
Beijo!!!
TE amo e boa sorte!

marcelinha disse...

Amiguinhaaaaaaaaaa,

adorei o papo da gente ontem pelo telefone!!!!!! Várias risadas.

Adoro essa música de Adelmo. É mto linda mesmo!!!

E chega logo, sexta-feira!!!!!

Bjo-bjo

Deby disse...

Tá danadaaaaa!!!