10 novembro 2006

"Eu rio, eu rio, eu rio e você morre..."

Música sarcástica essa, não? Nunca ouvi, não sei quem é isso aí que canta, mas achei adequada para o post de hoje, que é em homenagem à minha amiga Marcelinha. Não, não quero que ela morra, pois amo-a o suficiente para aguentá-la por mais uns tempos em minha vida! (rs)

Ontem fiz um tour com Tata pela cidade. Numerarei os acontecimentos:
1. Salvador Trade Center. Ouvimos a proposta da amiga de Tata para o Reveillon. Não foi aprovada;
2. Rede Bahia. Fui buscar uns milhares de convites de filmes com Flavinha. Pré-estréias: Volver e Os Infiltrados;
3. Caminho de Casa. Despedida de um amigo de Tata de um trabalho para outro. Lá, distribuimos convites dos filmes citados acima;
4. Iguatemi. Fizemos caridades. Fomos assistir Os Infiltrados, pois já tínhamos visto Volver na segunda.

Foi um bocado de gente para o cinema conosco. Se quiserem saber, apareçam lá no blog de Tata e confiram. Tô com preguiça de escrever tantos nomes (rs). O filme? Muito bom! Resumo: quero ser a psicóloga; nesse tinham duas delícias; não entendi nada no início, mas isso foi solucionado no final e, o principal: TODO MUNDO MORRE NO FINAL!

Ficou sem graça agora? Já sabem o final? Não sabem se acreditam em mim ou não? Marcelinha vai ter que assistir o filme de ontem para conferir se todo mundo morre realmente. E vocês também! (rs)

*Na foto, eu e Marcelinha, as NA´s loiras. TE AMO, AMIGA LINDA! Bjo e tchau para todo mundo. Fui!


Morra Morra
(Zumbis do Espaço)

Quero beber todo seu sangue
Quero comer seu coração
Dilacerar a sua carne
E dar seus ossos pro meu cão

(refrão)
Ooooo Morra Morra
Ooooo Morra Morra
Ooooo Morra Morra
Ooooo Morra Morra

Tirarei a vida do seu corpo
Te entregarei a escuridão
Por medo, ódio e angustia
Fome, raiva e solidão

(refrão)

Quero beber todo seu sangue
Quero comer seu coração
Dilacerar a sua carne
E dar seus ossos pro meu cão

(refrão)

Eu rio, eu rio, eu rio e você morre
Eu rio, eu rio, eu rio e você morre
Eu rio, eu rio, eu rio e você morre
Eu rio, eu rio, eu rio e você morre
Eu rio, eu rio, eu rio e você morre
Eu rio, eu rio, eu rio e você morre
Eu rio, eu rio, eu rio e você morre
Eu rio, eu rio, eu rio e você sofre

6 comentários:

marcelinha disse...

Oi, amiga!!!

Td te amo, viu?

Adoro esse seu jeito meigo e louco de ser!!!

Saudades!!! Louca para que chegue amanhã!!!

Bjo-bjo

Renata Almeida disse...

Porque homenagem pra Marcelinha? Quero uma homenagem também!!!!!!!!!! Feia...Mas, não com uma música depressiva assim...
E outra coisa, a unica NA loira que eu conheço é Marcelinha (a tal homenageada de hoje, sem motivo - CIUMES! huahuahauahua)
Vamos fazer o que hj????????????????
Beijo, Te amo e inté amanhã...começando no cozido..

Camila Almeida disse...

chata,...pra mim num tem
hUmpf

ivan disse...

pronto biu. comentado

marcelinha disse...

bjo-bjo

só isso, já comentei antes! e as meninas são ciumentasssssss

Renata Almeida disse...

ta doida Biu??? segundo comentario!!
Beijo