12 janeiro 2007

"Não é o ambiente que a transforma, mas ela que transforma o ambiente..."

Pois é. Um dia ouvi de um amigo: "Quem anda com porcos, farelo come."Nunca acreditei naquelas palavras. E vou continuar não acreditando. Sei quem sou, sei o que eu quero. E essas palavras que li hoje me mostraram isso: eu transformo o meu ambiente intependente de qualquer um, de qualquer situação.

Tenho amigos, sim! Mas eles não "comem os mesmos farelos" que eu. Cada um é cada um. Temos algumas coisas em comum. A convivência é a principal responsável por tudo isso. Porém, pensamos diferente, agimos diferente em determinadas situações. Eu, especialmente e não querendo me gabar, tenho uma personalidade extremamente forte, como poucos.

Como disse um outro amigo, sou muito observadora. Gosto de analisar bastante o ambiente antes de qualquer atitude a ser tomada. Apesar de ser uma besta (acredito nas pessoas, sempre!), não sou muito fácil de ser enganada. Sei muito bem o que se passa ao meu redor, podem apostar!

Hoje foi um dia legal. Não fiz nada divertido, mas valeu a pena passar por ele. Amanhã tem "festinha" na casa de minha avó. Sim, porque encontro familiar aos sábados, mesmo sem ter o que comemorar, é sempre sinônimo de festa por aqui. "Amo muito tudo isso!"

*Todo mundo gostou dessa foto. Se der, apareço amanhã. Bjo e tchau!


Agir X Reagir
(John Powell)

O colunista Sydney Harris conta uma história em que acompanhava um amigo à banca de jornal. O amigo cumprimentou o jornaleiro amavelmente, mas como retorno recebeu um tratamento rude e grosseiro. Pegando o jornal que foi atirado em sua direção, o amigo de Harris sorriu polidamente e desejou um bom fim de semana ao jornaleiro. Quando os dois amigos desceram pela rua, o colunista perguntou:

- Ele sempre te trata com tanta grosseria?

- Sim, infelizmente é sempre assim.

- E você é sempre tão polido e amigável com ele?

- Sim, sou.

- Por que você é tão educado, já que ele é tão inamistoso com você?

- Porque não quero que ele decida como eu devo agir.

A implicação desse diálogo é que a pessoa inteira é “seu próprio dono”, que não deve se curvar diante de qualquer vento que sopra. Não é o ambiente que a transforma, mas ela que transforma o ambiente. A pessoa inteira é um Ator e não um Reator.

4 comentários:

Renata Almeida disse...

Amiga..tô até achando que você foi possuida! rsrrssrsr
Amei o diálogo do colunista com o amigo. Eu era bem passiva, de uns tempos pra cá passei a ser ativa mesmo. Como você diz, fazer o meu ambiente e não deixar que ninguém o faça.

O bom disso tudo é que eu conheço, gosto e admiro você em todos os seus momentos e tenho certeza de que e tenho certeza de que esse é o seu diferencial!

Te amo amiga!!!!!

marcelinha disse...

Bibiu,

estou adorando essa sua "nova" face, sabia? Menina esperta, decidida, motivada... sempre esteve em vc isso, mas parece q só agora resolveu mostrar para a gente!!!!

Mto bem, Bibiu! Continue assim, viu?

Te amo!!!

bjo-bjo

ivan disse...

olha pra bibiu mostrando o há dentro desta cabecinha mirabolante!!!

Camila Almeida disse...

uiuiuiuiui lálálálálálálá...

adouroooooooooooooooooooooooooooooo

srsrsrs....

vc eh louca entaum...rs

bj