27 fevereiro 2010

Amo você...

Quantas vezes você diz "Eu te amo" por dia? Você acha que sair falando essas três palavrinhas a qualquer momento vai ser uma pessoa melhor? Não acha que amar por amar é se enganar, não? A banalização do amor faz tudo parecer tão superficial que não sei mais em que acrediar...

Sim, ontem eu falei do sentimento, aquele que não tem significado, que é apenas emoção. Mas, fiquei pensando nos tantos "eu te amos" que ouço por ai. Ah, como conseguir acreditar em alguém que usa essas palavras só para agradar as pessoas? Desiludida!

Tem que sair do coração.
Tem que ser puro e inocente.
Tem que sentir, não "cuspir".
Tem que ser sincero.
Tem que realmente existir.

Eu sei que existem diferentes tipos de amor e, pode apostar, para cada um deles existe uma emoção diferente. Amor de mãe, de amigo, de tio, de primo, de cunhado, de irmão... todos têm seu lugar no coração da gente, mas, tem que ser, acima de tudo, verdadeiro!

Quanto a mim? Sim, digo que amo a algumas pessoas, mas, podem apostar, elas merecem ouvir isso, tanto por eu achar que elas têm um espaço no meu coração, quanto para cofortá-las em relação ao meu sentimento. Todos nós precisamos de amor!

Fiquem bem! Tenham um bom final de semana! :)

2 comentários:

Viviane Costa disse...

Gostava mais de vc brava, fumaçando e soltando farpas por aqui. Não gosto de ficar com os olhos cheios d'água...
By the way, nunca disse 'eu te amo' a ninguém, além de minha mãe e dos amigos. Prefiro atitudes honestas e sinceras a frases de efeito. Beijo!

Biu disse...

em breve, miga... vivendo um momento de cada vez... calma q as farpas voltarao!!! srsrs
beijo.